Notícias

Usuários tiram dúvidas sobre o Sistema Eletrônico Integrado de Gerenciamento Ambiental do Naturatins em minicurso online

29/04/2021 - Wanja Nóbrega/Governo do Tocantins

No intuito de esclarecer dúvidas e orientar os usuários, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) participou nesta quarta-feira, 28, de um minicurso sobre o Sistema Eletrônico Integrado de Gerenciamento Ambiental (Sigam), realizado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Tocantins (Crea-TO). O minicurso foi ministrado pela engenheira ambiental Ana Angélica Bosque, que responde pela Secretaria-Geral do Naturatins.

Em operação iniciada em dezembro do ano passado, o Sigam, utilizado pelo Naturatins, tem apresentado algumas dificuldades para os usuários dos serviços do órgão ambiental do Estado.

Durante o minicurso realizado no canal do Crea-To no YouTube, Ana Angélica mostrou na prática como o Sigam funciona e como os usuários podem fazer suas demandas dentro do Sistema. Ela explicou que como a ferramenta ainda é nova, é natural que existam dúvidas e dificuldades. A secretária-geral disse ainda, que quando passar esse período de migração de todos os processos físicos para o Sigam e os ajustes necessários feitos, o sistema vai ficar mais intuitivo e mais fácil de utilizar.

“A ideia do sistema é trazer a segurança de que toda tramitação do processo seja mais transparente e que o Naturatins ofereça um serviço de qualidade, com celeridade e confiabilidade”, resumiu Ana Angélica.  

No minicurso, a secretária-geral do Naturatins informou que grande parte das dificuldades que os usuários estão tendo para operar dentro do Sigam, se dá porque a migração dos documentos físicos ainda não foi concluída. Ela estima que essa migração será concluída no final de maio.

Ao todo, já foram digitalizados pela equipe do Naturatins mais de 140 mil processos e cada processo possuem dezenas de documentos. Estima-se ainda, que faltam cerca de 40 mil processos para serem digitalizados. Segundo Ana Angélica serão priorizados os processos ativos e que estão em análise pela equipe do Instituto.

Mas, para que os requerentes desses processos não sejam prejudicados, os técnicos do Naturatins farão suas análises e emitirão pareceres com base nos documentos físicos mesmo antes de serem digitalizados.

O minicurso foi mediado pelo conselheiro do Crea-TO Cesar Nascimento, que ao final da explanação da Ana Angélica apresentou as questões enviadas antecipadamente pelos usuários dos serviços do Naturatins, por meio de link destinado especificamente para este fim. Os usuários apresentaram suas dificuldades pessoais com o novo sistema e foram orientados sobre como proceder. 

Ao encerrar o evento, o também conselheiro do Crea-TO, Túlio Dias, sugeriu que as dezenas de perguntas que ficaram sem resposta fossem dispostas em uma planilha e enviada ao Naturatins, onde deverão ser respondidas e compartilhadas com o público em geral. Além disso, todo o minicurso ficará disponível no canal do Crea-TO na plataforma YouTube.

Sigam

O Sigam foi projetado para ampliar a capacidade de gestão das licenças e autorizações emitidas pelo Naturatins, por meio de ferramentas que facilitam o monitoramento e a inspeção dos atos, além de interligar as informações geradas nos diversos setores, sendo possível que o técnico tenha conhecimento de todas as ações realizadas em determinado empreendimento de forma mais simples e rápida.

Além dos benefícios técnicos, o Sigam ainda trará economia para o Naturatins, a partir da eliminação do uso de papel, já que os processos serão montados no ambiente digital, e para as empresas e consultores ambientais, que poderão incluir, requerer, visualizar, imprimir documentos, sem necessidade de deslocamento.