Notícias

Naturatins encerra treinamento de servidores e se prepara para operar em ambiente 100% digital

18/11/2020 - Wanja Nóbrega e Tânia Caldas/Governo do Estado

O Instituo Natureza do Tocantins (Naturatins) encerra nesta quinta-feira, 19, o cronograma de capacitação de servidores do órgão para operarem o seu novo Sistema Eletrônico Integrado de Gerenciamento Ambiental (Sigam). Com a nova ferramenta em plena operação, o Naturatins passará a operar em ambiente 100% digital, eliminando totalmente a existência de processos impressos, isto é, de papel.

O novo sistema permitirá que as empresas e os consultores ambientais incluam requerimentos, documentos diversos e abram processos de licenciamento ambiental diretamente de seus escritórios, sem necessidade de irem pessoalmente ao Instituto ou as Agências Regionais.

Para que o Sigam funcione plenamente é necessário que os servidores do Instituto estejam capacitados, tanto para operarem por meio do sistema Sigam, quanto para orientar aqueles que buscam os serviços do Governo do Estado através do Naturatins.

As capacitações foram elaboradas de maneira a garantir treinamento aos servidores dos escritórios regionais do Naturatins, gerências das Unidades de Conservação – Parques estaduais e Monumento Natural das Árvores Fossilizadas e da sede do órgão em Palmas.

Em decorrência do novo sistema, as capacitações começaram a ser realizadas no último dia 9, e terminam nesta quinta-feira, 19.  Os últimos técnicos a passarem pelo treinamento são os lotados na sede do Naturatins. Cada capacitação teve a duração de três dias. Sendo nos períodos matutino e vespertino. Ao todo, mais de 100 técnicos do Naturatins receberam o treinamento.

De acordo com o presidente do Naturatins, Sebastião Albuquerque, já com os servidores treinados, será realizada a migração de todos os dados do sistema antigo para o novo Sigam. “Com o novo sistema ganham todos, a sociedade e os empreendedores que necessitam de agilidade no Licenciamento Ambiental. O Governo do Estado passará a contar com uma ferramenta ágil e completa para a prestação dos seus serviços à população e, principalmente, o Meio Ambiente”, comemora o presidente.

Albuquerque informa que desde o ano passado, milhares de documentos arquivados ou em tramitação no Naturatins já estavam sendo digitalizados. Paralelamente, vários serviços do órgão passaram a ser demandados também por meios virtuais. “Além disso, investimentos em tecnologia, modernização dos equipamentos em todos os setores e aprimoramento profissional têm sido a estratégia do Instituto para potencializar todas as ações que são de nossa competência”, reforça o presidente.

Já o diretor de Administração e Finanças do Instituto, Ivaci Rodrigues, diz que o Sigam vai substituir o Siga que é o sistema atual, e será integrado ao Sistema de Gerenciamento de Documentos (SGD). “O Sigam traz ferramentas automatizadas aos procedimentos internos e aos técnicos e empresas externas, como a solicitação de licenciamento por exemplo. A prestação de serviços será de forma mais rápida e segura, gerando economia com a eliminação do consumo de recursos naturais e financeiros ao erário”, pontua o diretor.

Para a diretora da Agência Regional do Naturatins, do município de Gurupi, Priscila da Costa Carneiro, o Sigam será de muita relevância para os requerentes, consultores ambientais e para o corpo técnico do Instituto. A gestora reforça que será ótimo porque todos os procedimentos serão 100% digitais. Destacou ainda que os usuários não terão que se deslocar à sede ou até as regionais, porque os interessados poderão abrir, montar os processos ou gerar documentos do local de onde estão, disse Priscila.

Com o Sigam, entre os benefícios para os requerentes estão os processos com algum tipo de pendência, porque os próprios poderão realizar as juntadas dos documentos. Já para o corpo administrativo do Naturatins irá facilitar a conferência dos documentos e a validação. “Acho o sistema Sigam um pouco parecido com o SGD, mas sabemos que ele irá unificar o sistema SGD e o Siga. Os coordenadores do treinamento são bem didáticos na apresentação do sistema. Acredito que com a prática todos vão se adaptar rápido”, adiantou a diretora da Agência Regional de Gurupi.

Novo Sigam

A expectativa é que com a implantação do Sigam, toda abertura e movimentação de processos do Naturatins passem a ser realizadas em ambiente 100% digital, sem a necessidade do uso de papel ou impressoras.  Outros serviços, como canal de denúncias e emissão da carteira de pesca também serão adicionados ao novo sistema.

Segundo Ivaci Rodrigues, diretor de Administração e Finanças do Instituto, além da agilidade para abertura do processo de análise e licenciamento ambiental para implantação de empresas e agroempresas. O Sigam terá outras vantagens como padronização dos procedimentos internos da atividade de Licenciamento, Monitoramento e Fiscalização. “Teremos economia para o órgão, com a eliminação de papel, capa de processo, impressões, entre outros”, afirmou o gestor.

Parceria

O treinamento das equipes do Naturatins foi realizado por técnicos do órgão. Foram formadas dez turmas, que tiveram aulas práticas para operaram o Sigam. Essas aulas foram ministradas graças à parceira com a Universidade do Tocantins (Unitins) em Palmas, Universidade Federal do Tocantins (UFT), em Araguaína e Gurupi e Delegacia Regional de Ensino (DRE) de Araguaína.