Notícias

Naturatins apoia municípios em situação de emergência

27/02/2018 - Tânia Caldas / Governo do Tocantins

O Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), por meio da superintendência de Gestão Ambiental do órgão, está integrado nas ações do Governo do Estado, que decretou nesta segunda-feira, 26, Situação de Emergência nos municípios de Cristalândia, Dueré, Formoso do Araguaia, Lagoa da Confusão, Pium e Santa Rita do Tocantins. Estes municípios sofreram inundações em várias áreas, causada pela intensidade das chuvas, consideradas acima do normal para a região Norte nesta época do ano.

As fortes chuvas podem resultar em grandes prejuízos econômicos e sociais, afetando a malha viária dos municípios atingidos e também as lavouras, tornando alguns trechos de rodovias intransitáveis, o que dificulta o escoamento da safra e o trânsito de moradores daquela região.

No sentido de reforçar ainda mais a parceria com o governo do Estado, o superintendente de Gestão Ambiental do Naturatins, Natal Cesar Alves de Castro participou na tarde desta segunda-feira, 26 e ainda na semana passada de reuniões na Casa Civil, com a presença do secretário da pasta Télio Leão e do subcretário Murilo Francisco, além dos parceiros nesta ação.

Segundo Natal Cesar, o encontro teve como objetivo reforçar junto aos parceiros que vão atuar na força-tarefa, determinada pelo Governador do Estado, Marcelo Miranda, estratégias de apoio aos atingidos pelas enchentes. “Também foi definido que vamos auxiliar no levantamento dos impactos das chuvas naquela região. As fortes chuvas danificaram grande parte da produção agrícola, a exemplo da produção de grãos que está submersa”, destacou.

O superintendente conta que nesta terça-feira, 27, os parceiros vão se deslocar até o município de Lagoa da Confusão, onde acontecerá às 19h, uma reunião no Centro Cultural Lêda Bernardon. “O Naturatins estará orientado os atingidos pelas chuvas, bem como vai disponibilizar nossos barcos para auxiliar no transporte. Ao final de uma semana serão apresentados relatórios de avaliação de danos e prejuízos e será direcionado apoio operacional com ações de socorro aos produtores rurais”, adiantou.

Também participaram dos encontros na Casa Civil representantes da Defesa Civil, Associação dos Produtores Rurais do Sudoeste do TO (Aproest), que compreende investidores da região de Lagoa da Confusão e Formoso do Araguaia, Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seagro), Secretaria do Trabalho e Ação Social (Setas), Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), além da Secretaria de Planejamento e Orçamento (Seplan) e Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinf).

Decreto

O Decreto n° 5.785 está publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira, 26. A decisão do Governo está baseada em um parecer da Superintendência Estadual de Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Tocantins (CBMTO), relatando a ocorrência desse desastre e que apresenta dados que sustentam a providência no sentido de que seja declarada a Situação de Emergência.

As ações que envolvem o decreto estão sob a coordenação da Superintendência Estadual de Defesa Civil, que está autorizada a mobilizar todos os órgãos e entidades da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Estadual, que se fizerem necessários para atuação nas ações de resposta ao desastre, como de reabilitação e reconstrução do cenário; Também a convocar voluntários para reforçar a adoção de providências de resposta ao desastre, objetivando facilitar as ações de assistência à população afetada.