Notícias

Naturatins apresenta resultados positivos para Missão do PDRIS

23/11/2018 - Daianne Fernandes - Governo do Tocantins

Em reunião realizada nesta segunda-feira, 19, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) encerrou sua participação na agenda da missão de supervisão do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável do Estado do Tocantins (PDRIS), demonstrando  avanços com as contratações, aquisições e consultorias planejadas, cujos frutos já podem ser observados, como na implementação de melhorias na organização do setor de Atendimento Ambiental e Protocolo.

Também é destaque, o desenvolvimento e implementação do sistema de gestão da informação para guarda documental. Segundo a chefe da Assessoria Técnica e de Planejamento (Astep) do Naturatins, Larissa Cintra, o serviço está em fase de finalização de sua execução e atendendo a expectativa Institucional.

A conclusão da consultoria para realizar o Mapeamento, Análise e Melhoria de Processos do Controle Ambiental do Naturatins, que identificou, analisou e redesenhou os processos e a estrutura organizacional (organograma) do Instituto, é outro grande avanço do Naturatins para viabilizar a melhoria na gestão e nos resultados do órgão, relativos à prestação de seus serviços aos usuários e a sociedade em geral. Segundo o gestor público e membro da Astep, Gino Oliveira, agora a equipe-chave liderada pela Astep deverá focar na implementação das mudanças.

PDRIS/Meio Ambiente

Em relação ao subcomponente Meio Ambiente, o PDRIS tem o objetivo de trazer melhorias para as atividades de licenciamento, monitoramento, fiscalização ambiental e  nos  sistemas de cadastro e outorga de uso de água. Nesta área muitos avanços já foram conquistados com a realização de capacitações e atualizações de servidores, aquisição de veículos e de softwares, entre outros.

O PDRIS busca ainda a estruturação e execução de uma política de conservação da biodiversidade, co-executado pelo Naturatins e pela Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh).

Os especialistas do Banco Mundial estão no Tocantins, desde o dia 29 de outubro, obervando e revisando os cronogramas da execução dos processos nos órgãos executores do PDRIS. 

No Naturatins são 22 processos de aquisições e consultoria, entre eles a construção do novo prédio do licenciamento ambiental, a implantação de um sistema eletrônico de gerenciamento ambiental, revisão dos planos de manejo das Áreas de Proteção Ambiental (APA), aquisição de equipamentos, cursos, entre outros.