Notícias

Divinópolis planeja coleta seletiva e aterro sanitário na implantação do Fórum do Lixo e Cidadania

14/11/2017 - Cleide Veloso/Governo do Tocantins

Nesta segunda-feira, 13, a comunidade de Divinópolis e representantes de seguimento do município e da região expuseram a preocupação com a destinação adequada do lixo e o interesse em iniciar ações de incentivo a adesão da coleta seletiva durante o encontro com a equipe de Educação Ambiental do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) para implantação do Fórum Municipal do Lixo e Cidadania na cidade. Na oportunidade foram discutidas várias questões que envolvem desde a limpeza dos espaços, a possibilidade de outros materiais, além do papel, à saúde dos moradores.

Além de dois moradores da comunidade de Divinópolis, foram eleitos para compor a comissão gestora do Fórum no município, doze representantes de instituições, entre eles; da Prefeitura, da secretarias municipais do Meio Ambiente, da Saúde e do Centro de Reciclagem do Cantão (CRC).

Com participação ativa, a comunidade destacou a necessidade de mudança de hábitos que têm resultado no descarte de lixo em locais inadequados; na mistura dos diferentes tipos de resíduos, o que reduz o potencial de reciclagem; e na multiplicação de espécies transmissoras de doenças.

O superintendente de Gestão Ambiental do Naturatins, Natal Cesar Alves de Castro, destaca o papel do Fórum Municipal do Lixo e Cidadania. "A mobilização de associações, catadores, órgão ambientais, comunidades e representantes de seguimentos busca reunir os interessados nas questões e políticas públicas relacionadas ao manejo do lixo e no prolongamento da vida útil de aterros sanitários", afirmou Castro, esclarecendo.

"Nesses encontros, surgem propostas de fomento da coleta seletiva de materiais recicláveis, que reduz a quantidade de resíduos sólidos descartados. Além da reciclagem, as oficinas levam ideias de reaproveitamento com técnicas de artesanato e decoração, por meio de um trabalho sério e continuado de sensibilização, desenvolvido por equipes de Educação Ambiental do Naturatins", concluiu.

Moradora há oito anos no município, Anaides de Abreu Carvalho disse que sua presença no evento foi motivada pela preocupação que tem com a saúde humana. "Eu defendo o interesse na saúde dos moradores em relação a doenças como a dengue, a Chikungunya e sou à favor da limpeza da cidade", afirmou.

Para a senhora Lucileide Cirilo da Silva é muito importante participar. "A gente ver o que tem de bom, o que tem de ruim, o que a gente precisa mudar como ser humano. Eu gostei muito e quero continuar. Quem não veio, pode vir também. É para todo mundo! Eu amei!", manifestou com alegria a participante.

O representante do CRC, Silvan Carlos de Oliveira Rodrigues, explicou o objetivo da participação da empresa. "Fazer um trabalho de sensibilização com a população da região sobre a forma adequada de tratar o lixo e que esse assunto precisa ser levado a sério, porque se trata do futuro, não só do presente, de um futuro melhor, da sustentabilidade e da qualidade de vida", esclareceu Rodrigues.

O coordenador de Meio Ambiente de Divinópolis, Júnior Cardoso de Oliveira, enfatizou a expectativa com a implantação do Fórum. "Nós queremos melhorar a destinação dos resíduos produzidos; sensibilizar a população sobre o correto armazenamento; esclarecer as dúvidas da população e implantar a coleta seletiva. A implantação do Fórum do Lixo e a parceria com o Centro de Reciclagem foram os primeiros passos", relatou Oliveira, afirmando que o município está empenhado na busca por recursos para construção do aterro sanitário, com capacidade de atender a coleta da cidade e da região.

Com muitas ações em andamento, Júnior Cardoso adiantou que, em 2018, tem intenção de aumentar a reservar de recursos do ICMS Ecológico para investimento na educação ambiental do município e revitalização da Trilha Ecológica que ilustra a importância da proteção das matas ciliares.

CRC

O Centro de Reciclagem do Cantão é uma empresa que firmou parceria com o município de Divinópolis e está realizando a coleta de papel, em todos os espaços públicos, nas escolas, repartições e comércio da cidade.

FMLC

O Fórum Municipal do Lixo e Cidadania (FMLC) leva para o município a mobilização da participação popular. O Naturatins dá suporte, capacita e colabora com a implantação do Fórum que tem o objetivo de integrar as instituições públicas e privadas, bem como todos os segmentos organizados local para um ampla discussão acerca do manejo dos resíduos sólidos e fomento da coleta seletiva, organização dos catadores de recicláveis nos municípios.

Oficinas

Nesta terça-feira, 14, a equipe de Educação Ambiental do Naturatins visita o município de Abreulândia, onde será realizada a Oficina de Reutilização de Material e Decoração e de Vigilante Voluntário de Meio Ambiente. (Com informações da educadora Ambiental do Naturatins, Maria Alice dos Reis)

Compartilhe esta notícia