Notícias

Ações de ordenamento ambiental são realizadas na região do Jalapão

13/11/2017 - Tânia Caldas / Governo do Tocantins

Com o objetivo de ordenar ainda mais a movimentação dos turistas nos atrativos do Jalapão, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, (SEDEN) realizaram no último dia 8, no Centro de Capacitação e Educação Ambiental do município de Mateiros, o I Encontro com os Proprietários de Atrativos Turísticos da região do Jalapão.

O encontro foi uma demanda que surgiu durante a discussão do Plano de Trabalho do Conselho Consultivo do Parque Estadual do Jalapão (COPEJ), em apoio às ações de ordenamento turístico que o Naturatins e a SEDEN vêm promovendo na localidade.

A reunião também é resultado de ações definidas ainda no mês de setembro, durante reunião de posse aos conselheiros do Conselho Consultivo do Mosaico do Jalapão. Ocasião que foi definida ações para aumentar as exigências relativas ao uso público do Parque Estadual do Jalapão (PEJ). Tal solicitação também recebeu pedidos da comunidade local.

O evento contou com a presença de 34 proprietários de atrativos turísticos, além de donos de áreas de camping. A Associação Tocantinense de Turismo Receptivo (ATTR) também enviou representantes.

Entre os dias 30/10 e 05/11, uma equipe formada por fiscais do Naturatins e Policiais da Delegacia Especializada em Meio Ambiente (DEMA) percorreu todos os atrativos turísticos da região, quando foram notificadas todas as irregularidades encontradas, somando um total de 31 notificações.

Segundo a inspetora de Recursos Naturais do Naturatins, Hellen Flávia Teixeira Cunha, o encontro discutiu a necessidade dos atrativos se regularizarem perante os órgãos ambientais. “É necessário adequar as estruturas, no sentido de mitigar os impactos provocados pelo constante fluxo de visitantes, que cresce a cada ano”, argumentou.

A inspetora do Naturatins reforça que a reunião realizada no dia 8, foi o segundo passo do ordenamento turístico e lembra que o primeiro aconteceu com a regularização das agências. “Para a que o condutor seja credenciado é necessário que tenha participado de cursos oferecidos pelo Naturatins no inicio do ano. Ou possuir o certificado de alguma capacitação como condutor/guia. O interessando deve procurar o órgão ambiental, com o certificado e documentos pessoais para ser credenciado”, explicou.

Além dos proprietários de atrativos turísticos, também compareceram ao encontro, técnicos do Naturatins, SEDEN e representantes das prefeituras de Mateiros e São Félix do Tocantins.

Compartilhe esta notícia